Oficinas Culturais do estado serão fechadas

Escrito por em 25/11/2016

No final da tarde desta quinta-feira (24), funcionários de 11 Oficinas Culturais do interior e do litoral de São Paulo foram comunicados pela Poeisis, organização social responsável pela administração de projetos do Estado na área de cultura, que dada às dificuldades financeiras enfrentadas atualmente, o funcionamento dessas unidades será interrompido a partir do dia 31 de dezembro. Na relação de unidades fechadas consta a Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda, em São Carlos.

O fechamento das 11 Oficinas Culturais soma-se ao processo de sucateamento da cultura que tem acontecido há tempos. Nos últimos anos, por exemplo, a política cultural do Estado de São Paulo reduziu drasticamente o investimento nas Oficinas Culturais. O orçamento caiu de 100 mil reais em 2014 para menos de 50 mil reais em 2016, redução de 50% em apenas 2 anos.

Em 2015, com o fechamento de 2 unidades, São Carlos ampliou o número de municípios sob sua cobertura, passando de 13 para 50 cidades atendidas. Mesmo com tantos cortes, a Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda ampliou seu público em mais de 20% no período, com um atendimento superior a 13 mil participantes somente em 2016.

As Oficinas Culturais – Projeto do Governo do Estado que durante 30 anos promoveu cursos de iniciação e capacitação artística nas mais diversas áreas, com atividades oferecidas para todas as faixas etárias – de crianças à terceira idade -, as Oficinas Culturais estão presentes em várias regiões de São Paulo. Atualmente são, ao todo, 15 unidades em todo o estado que atendem mais de 400 municípios, com mais de 71 mil vagas abertas por ano nas diferentes atividades oferecidas.

Desde 1980 em São Carlos, a Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda é referência na formação cultural e artística no município, atuando como grande parceira dos artistas e produtores culturais locais. Com uma equipe reduzida, o prédio localizado próximo ao Fórum Municipal manteve, até o momento, extensa programação com cursos, palestras, oficinas, workshops e capacitações em gestão cultural, além de espetáculos e exposições em artes plásticas, audiovisual, circo, performance, hq, dança, fotografia, literatura, música e teatro.

Para o fim deste ano, a expectativa é atrair mais de 5 mil pessoas para as atividades já programadas. Com a notícia do encerramento das atividades da unidade, a equipe da Oficina já cancelou o planejamento das ações para 2017. A programação de dezembro da unidade você encontra no site. Neste domingo, agentes culturais e artistas da cidade estão organizando a manifestação #FicaOficina para impedir o fechamento da unidade. Mais informações no evento.

Marcado como

Opinião dos Leitores

Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA