Mona Gadelha faz show no Sesc dia 24, às 20h, no SESC.

Escrito por em 20/07/2012

A cantora e compositora Mona Gadelha lança seu quinto disco, Praia Lírica, um tributo à canção cearense dos anos 70, com repertório do período em que o chamado ‘Pessoal do Ceará’ tornou-se conhecido em todo o país. Concebido para voz e piano, Mona, que é cearense mas vive em S. Paulo, é acompanhada pelo pianista Fernando Moura, também autor dos arranjos.

O álbum Praia Lírica traz músicas como Noturno (Caio e Graco Silvio), Paralelas (Belchior), La Condessa (Ricardo Bezerra, Brandão e Ribamar), A Manga Rosa (Ednardo) e Astro Vagabundo (Fagner e Fausto Nilo), entre outros já ‘clássicos’ da música brasileira.

Identificada com o lirismo que permeia a obra daquela geração, Mona conta que admira esse repertório e partiu para o desafio de cantar acompanhada por um só instrumento, canções muitas das quais consagradas nas vozes de seus intérpretes originais. O resultado mostra uma intérprete sensível, madura, capaz de imprimir sua marca em cada uma das faixas do CD, numa “narrativa musicada” daquele que representa um período de ouro da música do Ceará.
Desde a sua estreia em disco, Mona grava autores cearenses. Lançado em 1996, o primeiro Mona Gadelha (Movieplay), trazia Ingazeiras (Ednardo). No segundo, Cenas & Dramas (Eldorado/2000), mostrou Cine Insane Blues, de Lúcio Ricardo, e sua parceria com Siegbert Franklin, Bem-me-quer (Onde Você Anda?). Em Tudo se Move (BrazilBizz/2004) mais um autor de sua geração, Valdo Aderaldo, na cultuada Saint-Denis-Ceará, parceria com Celso Gutfreind, que ganhou as pistas do mundo no remix do italiano Roby Colella, além da elogiada regravação de Bloco da Solidão (Evaldo Gouveia e Jair Amorim).

Fernando Moura, que é compositor e produtor, divide seu trabalho entre Brasil e Japão. Autor de várias trilhas sonoras (Bendito Fruto e Que Bom te Ver Viva, de Lúcia Murat e O Caso Morel, da obra de Rubem Braga, dirigido por Sheila Feital), realizou estudos de aperfeiçoamento de música para cinema na Escócia.

Sua experiência internacional inclui trabalhos com George Martin (produtor dos Beatles) e o lendário Chuck Berry. Pianista bastante requisitado, Moura já acompanhou Marisa Monte, Moraes Moreira, Elza Soares. Produziu CDs de Taís Gulin e Mona Gadelha. Lançou o CD Tudo Piano (2011) e atualmente grava com Ary Dias (de A Cor do Som) o disco CosmeDamião.

As fotos da capa do CD, assinadas por Francisco Sousa e Maira Sales (também produtora executiva), foram produzidas na Praia de Camocim, no Ceará, uma das ‘praias líricas’ na concepção de Mona Gadelha. O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet e recebe o apoio Governo do Ceará, Formiline Indústria de Laminados e Denver Impermeabilizantes e patrocínio do BNB.

Texto do jornalista e pesquisador Gilmar de Carvalho sobre Praia Lírica
UM LUGAR, DOZE CANÇÕES

“A Praia Lírica não é um sonho de Lugar, mas um devaneio de artista. Ela pode se materializar, como uma alegoria, no display de um ipad, no espelho no qual Mona Gadelha retoca um batom moderno, ou flutuar no campo das memórias. A Praia Lírica é uma releitura (possível) de um cancioneiro cearense que faz parte da tradição da Música Popular Brasileira.
Mona canta esses clássicos com a maturidade e despojamento de quem busca o essencial. Nunca um piano foi tão companheiro nessa aventura de mergulhar no tempo e buscar o que esse canto tem de eterno. Praia Lírica é o instante em que o universal se afirma, como sentimento do mundo e o canto faz questão de ignorar fronteiras de tempo ou e espaço.”

Repertório

01Astro Vagabundo (Raimundo Fagner/Fausto Nilo)
02Flor da Paisagem (Robertinho do Recife/Fausto Nilo)
1. Galos Noites e Quintais (Belchior)
2. La Condessa (Ribamar Vaiz/Ricardo Bezerra/Brandão)
3. Lupiscínica (Augusto Pontes/Petrúcio Maia)
4. A Manga Rosa (Ednardo)
5. Noturno (Caio Silvio/Graco)
6. Paralelas (Belchior)
7. Retrato Marron (Rodger Rogério/Fausto Nilo)
8. Sensual (Belchior)
9. Terral (Ednardo)
10. Longarinas (Ednardo)

Evento Gratuito
24/07/12 , terça-feira , às 20h.

Faixa etária: Livre

Sesc São Carlos (Av. Comendador Alfredo Maffei, 700, Jardim Gibertoni , t.: (16) 3373-2333)

Fonte: Tambores comunicações

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA