Livro muda destino da seleção brasileira na Copa de 1982

Escrito por em 07/11/2018

Livro muda destino da seleção brasileira na Copa de 1982

A seleção brasileira de futebol carrega no colo uma história rica, repleta de conquistas e recheada de craques que vestiram a amarelinha. Mas, infelizmente, sua trajetória também é marcada por algumas derrotas que, até hoje, muitos não entendem como foram sofridas. Aliás, qual Copa do Mundo, em que a Seleção Brasileira saiu perdedora, foi a mais impactante para os amantes do futebol?

Os mais antigos talvez citem o mundial de 1950, quando a seleção foi derrotada em casa pelo Uruguai, na final da competição. Outros vão lembrar da Copa de 1998, quando Ronaldo sofreu uma convulsão pouco antes da final contra a França, partida que o Brasil perdeu por 3 a 0. No entanto, uma geração inteira não consegue apagar da memória a derrota do grande time de Falcão, Sócrates e Zico para a Itália, na Copa de 1982. Considerada por muitos a melhor seleção brasileira de todos os tempos, o time comandado por Telê Santana não comemorou o título naquele ano.

Mas, no livro “1982 – O Ano do Tetra”, o jornalista esportivo e autor da obra Rodrigo Cascino promete mudar os rumos dessa história. Em entrevista ao jornalista Henrique Fontes, o atual narrador dos canais Fox Sports contou como nasceu a ideia do livro, falou sobre seu processo de produção e pesquisa, deu detalhes daquela seleção que encantou o mundo, e ainda revelou o que a equipe de 1982 significou para a história do futebol.

Confira a entrevista no podcast do Rádio UFSCar Notícias veiculado em 7 de novembro de 2018. Ouça a partir dos 8’30”

 

Crédito da foto: Acervo CBF

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA