Especial Cultura Popular no SESC

Escrito por em 04/08/2016

Um convite a todas e todos para embarcar na diversidade das comunidades e fruir manifestações culturais que falam dessa nossa terra e um pouco de cada um de nós…

Espetáculos
Criança da Terra
Com Grupo Folias e Folguedos

Musical interativo que convida todo mundo para brincar e dançar ritmos e folguedos tradicionais do Brasil, como coco, ciranda, bumba meu boi, carimbó, congada e frevo.
Dia 6, sábado, às 16h.
Área de convivência externa. GRÁTIS.
Livre

Sapecadoferiado
Com Banda Mirim
Assunta Felizarda de Jesus é uma mulher brejeira, que vive sozinha numa roça com seu cachorro Rex. Um dia, ela recebe um convite, trazido pelo carteiro Adauto, para ser madrinha do casamento da comadre. Os três cruzam juntos a Estrada do Bromongó até a Vila do Sapecado. A divertida viagem e o baile do casamento vocês vão conhecer aqui. Uma apresentação para toda a família, que recebeu diversos prêmios, como os de Melhor Texto e Melhor Espetáculo pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA) em 2008.
Dia 15, segunda, às 16h.
Ginásio de eventos. GRÁTIS. Retirada de convites no dia da atividade. Livre

Virado à Paulista
Com Cia. Cênica
O espetáculo é um cortejo-folia que presta homenagem ao samba paulista, seus compositores e intérpretes. Para sua construção, a companhia pesquisou a história do gênero, que se solidificou na cidade de Pirapora do Bom Jesus. Geraldo Filme, Dionísio Barbosa, Henricão, Paulo Vanzolini e Adoniran Barbosa fazem parte desta história musical, que remete aos cordões carnavalescos, à resistência do samba de raiz, à intolerância religiosa e ao preconceito racial.
Dia 21, domingo, às 16h.
Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Shows
Roda de Mestres
Três mestres cantadores e um jovem artista celebram um encontro entre a sabedoria do mais velho e a inquietude do mais novo. O violeiro João Arruda convida os os mestres Sinhá Rosária, João Bá e Tião Mineiro.
Dia 14, domingo, às 16h.
Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Fuá
Com Flautins Matuá
O público é convidado para uma viagem ao imaginário da cultura regional e popular. Influenciado pelas tradicionais bandas de pífanos, o Fuá é um espetáculo interativo repleto de danças, ritmos e sonoridades do interior do Brasil.
Dia 27, sábado, às 16h.
Área de convivência externa. GRÁTIS.
Livre

Pé no Terreiro
O grupo apresenta o Cacuriá, folguedo maranhense que une música, dança, versos e representação teatral em uma alegre brincadeira de roda. Os versos cantados fazem alusão à natureza, às atividades diárias e a fatos ocorridos durante a Festa do Divino Espírito Santo.

Dia 28, domingo, às 16h.
Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Vivência

Caixeiras do Divino Espírito Santo da Família Menezes

A Festa do Divino Espírito Santo é um ritual de religiosidade popular realizado em todo o Brasil. No estado do Maranhão ela tem a particularidade de ser conduzida por mulheres tocando tambores chamados caixas, são as Caixeiras do Divino. Esse festejo tem origem portuguesa e chegou a Alcântara, de onde se espalhou para todo o estado. A apresentação traz ao público a riqueza desta manifestação identitária.

Com Bartira Reis, Graça Reis, Zezé Reis e Dindinha Reis.
Dia 30, terça, às 20h30.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Oficinas
Caixeiras do Divino Espírito Santo da Família Menezes
Com Bartira Reis, Graça Reis, Zezé Reis e Dindinha Reis
A oficina oferece um trabalho de musicalização natural através da prática do canto e da percussão. Os cânticos do Divino, transmitidos oralmente há gerações, são assimilados com facilidade resgatando a memória coletiva, sendo que a percussão simples e vigorosa conduz esta prática de conjunto envolvente e de belo resultado musical.
Dia 30, terça, das 18h30 às 20h30.

Área de convivência externa. GRÁTIS. Inscrições na Central de Atendimento. 20 vagas. 12 anos

Cacuriá e Bambaê de Caixa
Com Henrique Menezes, líder do grupos Cupuaçu e Pé no Terreiro
A oficina aborda músicas, toques e coreografias relacionadas a duas danças populares maranhenses: Cacuriá e Bambaê de Caixa.
Dia 27, sábado, das 10h às 13h.
Sala de atividades corporais. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 30 vagas. Livre

Sabores do Brasil
Com Jane Glebia, nutricionista e Rosemeire Martins, chef de cozinha

Norte
Conhecer um pouco sobre as comunidades ribeirinhas e seus processos de subsistência, alguns pratos típicos como: tacacá na cuia indígena (caldo de polvilho de mandioca, com tucupi, jambu e camarão) e a maniçoba (feijoada Paraense).

Dia 9, terça, das 19h30 às 21h30.
Galpão. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 30 vagas. 12 anos

Sul
A rica cultura do povo sulista, suas práticas e seus encontros. A região comumente conhecida pelo churrasco e o chimarrão tem muito mais pra nos mostrar. Conheça um prato de origem fandanga, o barreado, que agrada muitos paladares.
Dia 23, terça, das 19h30 às 21h30.
Galpão. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento. 30 vagas. 12 anos

Em setembro

Sudeste
A culinária mineira tem muito da atmosfera do cozinhar e estar junto em um ambiente acolhedor. Esse será o cenário para uma boa prosa enquanto uma canjiquinha com costelinha vai sendo preparada.
Dia 22/9, quinta, às 19h30.
Galpão. GRÁTIS. Inscrições na Central de atendimento a partir de 1/9, quinta. 30 vagas. 12 anos


——————————————————————————————————————————-

Narração de Histórias
Sarauzinhos com Manuí: Culturas Populares do Brasil
Com Grupo Manuí

Mitos, contos tradicionais, cantorias e brincadeiras da cultura popular brasileira para animar as manhãs de domingo. A cada dia, diferentes propostas: uma brincadeira interativa para experimentar os quatro elementos com todos os nossos sentidos e ouvir diferentes formas de descobri-los em nosso corpo e em nossa voz; um mergulho nas histórias que cantam as águas, voar nas músicas que contam sobre os ventos, desvendar os sons e silêncios das fogueiras e os mitos sobre a mãe Terra; e histórias contadas e cantadas que revelam o caldeirão cultural maranhense.

Dia 7 – Sarauzinho dos Elementos

Dia 21 – Sarauzinho dos Cantos e Mitos Indígenas

Dia 28 – Sarauzinho das Brincadeiras e bumba meu boi maranhense

Domingos, às 11h.
Área de convivência externa. GRÁTIS. Livre

Recreação

Galpão Lúdico

Com instrutores do Sesc

Mãe-da-rua, pega-pega, pé de lata, telefone sem fio, pular corda, pique-bandeira… essas e outras brincadeiras tradicionais, ensinadas de geração em geração, compõem esse espaço de vivências e experimentações, contemplando a convivência e o brincar entre crianças e adultos.

Dias 21 e 28, domingos, das 15h às 17h30.

Galpão. GRÁTIS. Inscrições nos horários e locais das atividades. Livre

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA