Cinema explícito: representações cinematográficas do sexo

Escrito por em 14/03/2016

Nesta quinta, 17 às 20h o SESC Araraquara realiza o lançamento do livro “Cinema Explícito: Representações Cinematográficas do Sexo” com a presença do autor Rodrigo Gerace e com workshop na sexta.

Panorama das representações do sexo no cinema – dos stag films no cinema mudo às vanguardas artísticas, das pornografias alternativas ao mainstream à estilização do sexo no cinema de autor, que politizou o desejo por meio de narrativas ora libertárias, ora confinadas em discursos normativos. O autor faz uma revisão crítica das noções de obscenidade, erotismo, pornografia, e sua relação com a moral, a estética e as ideologias. Nota-se, assim, como as interpretações cinematográficas potencializaram os dilemas de cada época, provando que as imagens, das mais desfocadas às mais explícitas, são capazes de fascinar, incomodar e desestabilizar discursos sobre o sexo.

Workshop
“O sexo cinematográfico”
Como o cinema representou o sexo com diferentes propósitos estéticos, políticos e narrativos? Explícito, implícito, simulado, reprimido, censurado, por quais critérios a abordagem sexual é configurada em cena? O curso parte deste questionamento para analisar o cinema contemporâneo, do circuito independente europeu ao brasileiro, de Hollywood às experimentações alternativa e queer.
Com Rodrigo Gerace, sociólogo, autor do livro Cinema explícito: representações cinematográficas do sexo (Editora Perspectiva/ Edições Sesc, 2015)
18/3, sexta, 15h às 18h
Sala de Múltiplo Uso 1 | Grátis | Inscrições gratuitas na Central de Atendimento | Vagas limitadas

 

SESC ARARAQUARA
Rua Castro Alves, 1315, Quitandinha ARARAQUARA | CEP: 14800-140

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA