Tem Muito Disso Que Cê Tá Falando – 1/2 Dúzia de 3 Ou 4

Escrito por em 21/07/2014

O mundo não acabou em 2012, por mais que o grupo 1/2 Dúzia de 3 Ou 4 tenha composto a trilha sonora oficial do evento. Por essas e outras, eles puderam gravar seu terceiro disco, chamado Tem Muito Disso Que Cê Tá Falando.

Os músicos, sempre muito antenados, não deixaram os protestos e as manifestações de rua de 2013 passarem batidas, e o disco da vez concentra suas críticas e seu humor nesses acontecimentos que deram o que falar, principalmente no facebook.

O cenário: Avenida Paulista, São Paulo. O estilo: samba e MPB. O alvo: os revolucionários de facebook, as #hashtags, os coxinhas, a polícia, Deus e a família brasileira, a moral e os bons costumes. Ok, talvez não chegue tão longe explicitamente, mas a conexão entre todas essas coisas é inevitável.

Como sempre, o 1/2 Dúzia de 3 Ou 4 brinca com a ambiguidade das palavras, fazendo jogos e trocadilhos tanto nas letras quanto nos nomes, como já fica bem evidente em títulos como “A Ordem dos Músicos Não Altera o Produto”, “À Nível de MASP” e “Duro E De Matar”.

A faixa sobre o museu paulistano, à propósito, é uma das melhores do disco. Por ser o point preferido das manifestações da capital, não podia ficar de fora. A letra do sambinha brinca com a arquitetura do prédio, separando aquilo que fica abaixo, acima e no meio do vão do MASP.

“Verbo Expediente” também é uma faixa genial, que usa o conceito do modo imperativo dos verbos para falar sobre o abuso de poder: “Eu mando/ Tu obedeces/ Ele explora/ Nós reclamamos/ A voz cala/ Eles choram”. Pesado, eu sei, mas nem por isso menos genial e poético. A cutucada nos jovens conformistas e revolucionários de rede social também encontra seu lugar na música “Meio Boa”, como os versos iniciais já deixam evidentes: “Ele meio que milita / Ele meio que recicla / diz que vota e justifica”.

Além disso, o título do disco em si já é uma brincadeira em relação às polêmicas e discussões de facebook, cheio de argumentos vazios e pérolas da retórica, onde ninguém ouve ninguém, e acaba todo mundo se xingando.

O 1⁄2 Dúzia não dá trégua pra ninguém; até Freud, Newton, Marx, Maquiavel e Bruce Willis, todos grandes pensadores da humanidade, viraram brincadeiras irônicas nas composições da banda. E a nossa velha conhecida, a Chris, termina sua saga com a faixa “Tchau, Christina!”, com uma letra tão impaciente para as inconstâncias da personagem ao longo dos três discos, que poderia muito bem chamar “Já Vai Tarde, Christina!”.

2013 foi um ano conturbado, politicamente, e 2014 segue a mesma linha. Fazer um disco bem humorado baseados nesses acontecimentos pode ser um trabalho amargo, uma vez que estávamos inseridos nesse contexto e sabemos que de engraçado, não teve muita coisa.

É um pouco diferente do que satirizar uma profecia apocalíptica pré­colombiana. Por mais que a tendência brasileira de transformar tudo em piada seja algo brilhantemente espontâneo, fazer humor com crítica, que nos faça rir e refletir sobre a realidade, não é tarefa fácil. Mas Tem Muito Disso Que Cê Tá Falando cumpre com maestria esse dever.

Diana Ragnole, estagiária em Programação Musical.

A seguir, a lista de músicas que tocam de segunda à sexta, às 9h45:

segunda-­feira

1. A Ordem Dos Músicos Não Altera o Produto

2. À Nível de MASP

3. Verbo Expediente

terça-­feira

4. Maquiavel Pra Crianças

5. Peneirando

6. Dobre Sua Língua

quarta­-feira

7. Duro E De Matar

8. Como Diz O Outro

quinta-­feira

9. Deus Me Livre E Guarde De Você

10. Tchau, Cristina!

11. Meio Boa

sexta-­feira

12. Cavucada

13. Arrastão Sonoro

14. Pré­Pagode


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA