Rafael Castro – Lembra?

Escrito por em 10/12/2012

Rafael Castro colecionou muitos títulos ao longo de seus seis anos de carreira, mas talvez o que melhor lhe caiba seja o de punk caipira. Não há termo que defina melhor seu som e sua atitude, então vá lá, o punk caipira lança seu décimo disco aos 27 anos, ainda na onda do faça você mesmo, característica que tanto marca seu trabalho.

Lembra? tem todos os instrumentos (muito bem) gravados pelo próprio Rafael, no seu estúdio caseiro em Lençóis Paulista, e, apesar da origem humilde, soa grandioso em sua simplicidade. Bebendo da fonte do rockabilly, da psicodelia e da música caipira, Rafael Castro costura suas composições com letras inteligentes e bem humoradas, dotadas de uma ironia fina que sai naturalmente de seu tom de voz debochado.

O que Rafael gosta de fazer é contar história, isso dá pra perceber desde “Você sabe como é”, música que dá início ao disco. De fato, Lembra? é um álbum rico em crônicas sociais, histórias de personagens que perambulam pelas ruas, narradas em tom despojado, sem firulas, sem metáforas – tudo bem na sua cara. É só ouvir “Surdo Mudo” e “Menina Careca” pra saber do que estou falando. Rafael tem também um gosto por assuntos inusitados, como por exemplo o funcionamento de uma indústria pornográfica, retratado em “Pra Vender Mais, Agradar Mais, Se Falar Mais”.

Agora, falando do som, Lembra? é nostálgico. Com arranjos bem embasados no rock dos anos 60 e 70, as músicas passam longe de serem apressadas, por mais direto ao ponto que sejam. Rafael Castro também se permite misturar influências inusitadas em suas composições, como a mistura entre Ennio Morricone e Mutantes em “Os Meus Doces São Meus Doces”, ou o tango-rock-brega de “Marítima”. “Ah, É? Ah, Tá.” tem um riff pesado que se desdobra num solo de teclado bem Deep Purple, tudo isso acompanhado por uma das melhores interpretações vocais do disco, que alcança níveis ácidos de sarcasmo, ironia e desinteresse.

Lembra? conta ainda com participações de grandes nomes da cena independente paulistana, como Tulipa Ruiz, Leo Cavalcanti, Pélico, Christian Camilo e Mauricio Pereira. Mas em momento algum estas aparições ofuscam o brilho do punk caipira que, aos 27 anos  já compôs 10 álbuns. O que fica é a promessa de muitos outros por vir.

 Henrique Gentil

Bolsista em Programação musical na Rádio UFSCar

A seguir, a lista de músicas que você ouve de segunda a sexta às 9h45, na Rádio UFSCar:

segunda-feira

1. Você Sabe Como É

2. Surdo-Mudo

3. Talvez

terça-feira

4. Haiti

5. Pra Vender Mais, Agradar Mais, Se Falar Mais

6. Os Meus Doces São Meus Doces

quarta-feira

7. Marítima

8. Ah, É? Ah, Tá.

quinta-feira

9. Let Me Enjoy Myself

10. Lembra?

11. Lixo

sexta-feira

12. Ruim

13. A Menina Careca

14. Informação

 


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA