Maquinado – Mundialmente anônimo

Escrito por em 29/03/2010

O magnético sangramento da existência

Lúcio Maia é, sem dúvidas, um dosm2010 músicos mais criativos do panorama independente brasileiro. Depois do belo disco “Homem binário”, primeira produção do projeto Maquinado, Lúcio está de volta com o segundo capítulo intitulado “Mundialmente anônimo – O magnético sangramento da existência”.

Um disco que se diferencia do primeiro, no qual as sonoridades eram mais artificiais e as referências à música eletrônica eram mais exploradas. “Mundialmente anônimo” é mais orgânico e as guitarras ganham maior visibilidade. A line up – completamente renovada, com exceção de Rian Batista no baixo – conta com DJ PG nas pick ups, programação e samplers; Gustavo da Lua nas percussões; Regis Damasceno nas guitarras e no violão; Guilherme Mendonça (líder do Guizado) no trompete e sintetizadores; e Beto Apnéia na bateria.

O CD abre com uma versão “electro rock” da canção “Zumbi” de Jorge Ben Jor, seguida por “Dandara”, esposa do primeiro herói revolucionário do povo negro escravizado. “Bem vinda ao Inferno” é um samba rock futurista, com a participação de Buguinha Dub, que abre o caminho para uma releitura do samba psicodélico de Fred 04, “Super Homem Plus”, com um criativo e improvável solo de trompete do Mendonça.

Lurdes da Luz também aparece em “Tropeços Tropicais”, hip hop urbano com uma batida cativante. Além da Lurdez, temos a participação de Maurício Takara no vibrafone, na excêntrica bossa “Girando com o sol”.

Mais um destaque é a faixa que fecha o álbum, “SP” – um rock tribal retrato de uma metrópole que cresce desafiando os limites da tolerância humana – na qual uma guitarra pesada se confunde com os barulhos do cotidiano da cidade.

Mundialmente anônimo é um “must have” para todos os visionários futuristas tropicais, e claro, para todos os amantes da música inteligente.

Paz!
Mauro Lussi
Programador musical e DJ da
Radio UFSCar

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA