Luiz Rocha – Ar

Escrito por em 06/05/2013



Não sou lá o maior fã de MPB, mas o que tem sido feito com o gênero hoje em dia é realmente interessante. A nem-tão-nova-MPB se manteve em destaque com Tulipa Ruiz, Céu, Criolo e Karina Buhr, eles foram ao limite de um estilo que,até então, parecia parado no tempo. E eis que, da safra mineira de novos músicos, aparece Luiz Rocha e seu frágil disco de estreia.

Muitíssimo bem entitulado, as músicas de Ar são leves.. O instrumental nunca toma as rédeas da viagem, serve de ambientação para que as etéreas letras sejam entoadas pela confortante voz do cantor. Música para apaixonados, é verdade. Luiz Rocha sabe bem como captar tanto o lado ensolarado como o lado melancólico do amor, temática central da maioria de suas composições.

O disco é, em sua maioria, calmo e reflexivo, parecido com o single “Ela” (baladinha violão e voz bem simplista). O fato é que Luiz Rocha tem talento pra criar uma boa melodia pop e tira proveito disto em composições como “Pressa”, “E era só dizer sim” e “Enquanto você dorme”. Na última, Luiz bebe bastante da fonte do folk e do country americano e incorpora-os perfeitamente à MPB. Isso não quer dizer que, durante sua rotação, Ar não tenha momentos de fúria. Logo no começo, “É tudo que eu tenho” se destaca por trabalhar sonoramente a angústia da já batida vassalagem amorosa. Na faixa de encerramento, “Cigarro” – com certeza a melhor música do registro inteiro – o mesmo sentimento é canalizado na voz do cantor que, curiosamente, chega a lembrar, em certos momentos, a voz de um jovem Renato Russo – para o bem e para o mal…

Parece até estranho que o garoto se destaque. Bem menos experimental do que seus conterrâneos do Graveola e o Lixo Polifônico, por exemplo, Luiz Rocha faz o estilo intimista. O músico parece tímido, talvez devido a certa insegurança que muitas vezes se faz presente na voz. Entretanto, há algo nessa fragilidade que cativa o ouvinte e o compositor sabe usar isso a seu favor. O debut Ar é o tipo de disco perfeito pra sonorizar aqueles momentos melancólicos da vida – que tanto precisam de acompanhamento musical.

Henrique Gentil
Bolsista em programação musical da Rádio UFSCar

A seguir, a lista de músicas que você escuta de segunda a sexta, às 9h45, na Rádio UFSCar.

segunda-feira
1.Pássara Poesia
2.É tudo que eu tenho
terça-feira
3.Oración
4.Outras partes
5.Dos eu amor
quarta-feira
6.Pressa
7.E era só dizer sim
quinta-feira
8..Ela
9.Enquanto você dorme
sexta-feira
10.Pra uma atriz
11.Cigarro

Revisão: Sheila Castro

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA