Lavoura – Nu Steps

Escrito por em 17/05/2011

O Ateliê La Tintota, bem no coração da Barra Funda, é mais uma vez a fonte geradora do nosso disco nacional da semana. Lavoura, porém, se define e se expressa de uma maneira completamente diferente dos outros artistas que ali produzem.

Desde a sua criação, o Lavoura dedicou-se à busca por novas formas de expressar a música. Produziu, então, em “Nu Steps”, seu segundo disco que, de acordo com o próprio grupo, é uma síntese capaz de conduzir os ouvintes a uma direção mais profunda em termos de consciência.

Partindo de jams sessions e criações coletivas, avançaram, organicamente, mesclando a cultura eletrônica, o jazz e a música brasileira. A banda afirma que “em um patamar unificado, todas essas influências se fundem numa atmosfera cinemática”.

Segundo o material de divulgação do disco, contrapondo “Kosmophonia”, trabalho anterior, em que o conceito vinha da ficção científica e do espaço, em “Nu Steps”, o grupo se inspira em sons e imagens do mundo, de gente, cidades, máquinas, paisagens da metrópole e da natureza, como forma de traçar, psicogeografias sonoras, territórios fundidos, matas de concreto, campos de guerra e campos de flores.

Lavoura tem sua atual formação com Caleb Mascarenhas (programações, sintetizadores), Paulo Pires (bateria, programações), Fabiano “iB” Alcântara (baixo) e Fernando “TRZ” Falcoski (teclados, sintetizadores, programações). O disco traz ainda a participação especial de Marcelo Monteiro, que toca sax barítono em “Highlights” e flauta em “Obliquities”; a voz malandra e suingada de Fábio D’ Ellia, em “Invade your Soul”; e Pipo que, além de gravar e mixar o disco, adicionou, por meio de overdubs, algumas “guitarras místicas”.

Trazendo referências de jazz modal, broken beats, dubstep, blaxplotation e do rock psicodélico “Nu Steps” é fruto da experimentação sonora coletiva e influências estéticas de outras linguagens como o cinema, artes plásticas, literatura, arquitetura e design, áreas em que os integrantes do grupo atuam e escolhem para se expressar.

O destaque fica com a música a qual dá título ao disco, “Nu Steps”, capaz de levar o ouvinte/viajante a uma esfera alucinada.

Lavoura contribui, assim, à música feita com alma no século 21.

Sara Antonelli
Estagiária em Programação Musical
Rádio UFSCar

A seguir, a lista da músicas que você ouve de segunda à sexta-feira, às 10h00 na Rádio UFSCar:

Segunda-feira
1.Voodoo Machine
2.Highligthts

Terça-feira
3.Obliquities
4.Estação Deodoro

Quarta-feira
5.Invade Your Soul
6.Yperoig

Quinta-feira
7.Nu Steps

Sexta-feira
8.Clarão

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA