Ian Ramil – Ian Ramil

Escrito por em 05/05/2014

Mais uma vez o Rio Grande do Sul nos presenteia com um disco que, sem dúvida, marcará o ano de 2014.

O disco de estreia do gaúcho Ian Ramil, autointitulado, se apresenta como um trabalho homogêneo, em que se destaca a organicidade dos instrumentos de cordas e dos sopros que encontramos nas faixas ricas de referências que vão da psicodelia inocente dos timbres do teclado que parecem sair do Sgt. Pepper em “Seis Patinhos” a melodia peculiar de “Transe” que nos traz à memória Los Hermanos e também os arranjos minimalistas do Radiohead.

Ian é filho do músico e compositor Vitor Ramil e sobrinho dos cantores Kleiton e Kledir, mas nesse primeiro trabalho ele faz questão de andar com os próprios pés. Foi por isso que se afastou do Brasil para conceber o disco, que foi gravado em Buenos Aires com uma turma de músicos locais e com a produção do argentino Matías Cella, conhecido por ter trabalhado com o uruguaio Jorge Drexler, com o argentino Fito Páez e com o Lenine.

Mas Ian chamou  para participar do disco grandes nomes da nova cena independente brasileira também, como Kassin e o guitarrista Felipe Zancanaro da banda Apanhador Só, com os quais já colaborou muitas vezes, e fez uma releitura da faixa “Nescafé” que integra o primeiro disco da banda.

O álbum ganha um brilho peculiar no episódio folk acústico “Suvenir”, e na pegada pseudo country de “Pelicano” e “Hambúrguer, cantada em inglês assim como a romântica balada “Over and Over”.

Nestes tempos em que a cada dia aparece uma nova banda, é difícil afirmar que estamos ouvindo um disco que se destacará num mercado ainda em fase de mudança, mas com certeza, quando escutamos um trabalho como este, diversificado e original que dispensa experimentalismos cabeçudos para se destacar e aposta numa abordagem simples e, ao mesmo tempo sofisticada, podemos dizer que não passará despercebido aos ouvidos mais curiosos e exigentes.

Paz!

Mauro Lussi

Coordenador de Programação Musical e DJ da Rádio UFSCar

Segunda-feira

  1. Segue o bloco
  2. Seis patinhos
  3. Zero e um

Terça-feira

  1. Pelicano
  2. Suvenir

Quarta-feira

  1. Nescafé
  2. Entre o Cume e o Pé
  3. Cabeça de Painel

Quinta-feira

  1. Over and Over
  2. Transe

Sexta-feira

  1. Ima Ralo
  2. Hambúrguer
  3. Rota
Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA