Wanda Jackson – The Party Ain’t Over

Escrito por em 07/02/2011

the-party-aint-overA festa não acabou mesmo para a cantora Wanda Jackson, agora com 73 anos de idade, que no final da década de 60 foi a primeira mulher a ter coragem de pegar uma guitarra e subir no palco cantando Rock’n’Roll. Atitude ousada, naquela época, para uma mulher que, com uma abordagem direta e sem medo, desafiou todos os jovens que lutavam para definir um novo gênero musical imitando Elvis Presley. Ela se tornou um ícone no imaginário coletivo de todas as meninas, com a sua voz aguda, seu jeito irônico de encarar a plateia e o visual composto por minissaias, camisas coloridas e cheias de franjas.

Com mais de trinta discos gravados ao longo da carreira, ela continua a se apresentar até hoje, passando por altos e baixos, mas mantendo sempre o mesmo carisma e vontade de mostrar o próprio trabalho.

Em 2009, o genial guitarrista, compositor e produtor, Jack White – inventor dos recém-extintos “White Stripes” e envolvido também em outros projetos paralelos entre eles The Raconteurs e The Dead Weather -, entrou em contato com a primeira dama do Rockabilly para lhe propor uma colaboração, assim como fez com a cantora Country, Loretta Lynn, alguns anos atrás, e com quem gravou um álbum que lhe rendeu um Grammy Award.

O primeiro single que Wanda lançou produzido e arranjado por White incluía uma versão da famosa música “You Know I’m No Good”, da “polêmica” vítima de um gossip exagerado, Amy Winehouse. E, no lado B, Shakin’ All Over, de “Johnny Kidd and the Pirates”, faixa que abre o álbum lançado recentemente, que brinca com ecos e revérberos na voz e nas guitarras agregando uma sonoridade contemporânea sem perder o glamour da música original e que caberia muito bem na trilha sonora de um filme do Quentin “Pulp” Tarantino. Logo na sequência, a inflamável Rip It Up, clássico do Little Richard, na qual a voz estridente e aguda se ressalta e não nos deixa com dúvida alguma de que a “idosa” rainha do Rockabilly está com tudo e ainda tem muito para nos mostrar.

Outro destaque é o divertido Calypso dos anos quarenta de “Rum and Coca Cola”, originalmente cantado pelo trio das Andrew Sisters. Continuando, “Thunder On The Mountain”, de Bob Dylan, em versão Rockabilly, nos leva de volta ao território onde Wanda encontra a audácia que a revelou internacionalmente.

Wanda Jackson ainda é aquela bad girl que lhe rendeu a merecida fama; Jack White é um garimpeiro incansável apaixonado pela música e com uma sensibilidade rara; e “The Party Ain’t Over” é um disco para todas as idades, para os nostálgicos e para os jovens que estão entrando agora no mundo mágico e surpreendente do Rock. Para apreciar a música de hoje, é indispensável conhecer as raízes deste gênero, trilha sonora dos últimos 60 anos, que mudou completamente os nossos costumes e os nossos pensamentos.

Paz!
Mauro Lussi
Programador musical e DJ da
Radio UFSCar

A seguir, a lista das músicas que você ouve de segunda a sexta-feira, às 16h00, na Rádio UFSCar:

Segunda-feira
1.Shakin’ all over
2.Rip it up
3.Busted

Terça-feira
4.Rum and Coca-Cola
5.Thunder on the mountain

Quarta-feira
6.You know I’m no good
7.Like a baby

Quinta-feira
8.Nervous breakdown
9.Dust on the bible

Sexta-feira
10.Teach me tonight
11.Blue yodel # 6

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA