Quantic – Magnetica

Escrito por em 14/04/2014

Magnetica é o primeiro álbum solo que Will Holland, mais conhecido como Quantic, grava desde An Announcement to Answer, lançado em 2006, época na qual ainda morava na Inglaterra e estava envolvido em vários projetos orientados sempre na produção e pesquisa da música eletrônica, como a Quantic Soul Orchestra, que o levaram, com o tempo, a aprofundar o lado latino que sempre esteve presente como pano de fundo em suas composições.

Foi assim que, no ano seguinte, ele se aventurou na exploração geográfica do continente latino-americano, pelo qual ficou enfeitiçado a ponto de se estabelecer na Colômbia, entre as cidades de Bogotá e Cali.

O fascínio exercitado pelos ritmos e as sonoridades locais tornou-se, com o tempo, o caminho que o levou a se envolver em inúmeros trabalhos com músicos locais, fazendo ao mesmo tempo a ponte com os colegas ingleses, com quem já havia colaborado com ele precedentemente; como é o caso da vocalista Alice Russell com a qual lançou o disco Look Around The Corner, em 2012. Mas antes de se dedicar ao disco, em parceria com  Russel conseguiu encabeçar um mega projeto com Mario Galleano, líder da banda Frente Cumbiero, que com o patrocínio do British Council, organização que promove relações interculturais, resultou em um disco triplo intitulado Ondatrópica. Um obra prima no qual a velha geração de músicos colombianos encontram os novos talentos, misturando ritmos, sonoridades, a sabedoria do velhos mestres na visão dos artistas contemporâneos e vice-versa.

will
Depois desse revolucionário disco, Quantic volta com um trabalho que mostra as muitas faces desse prolífico e eclético artista. A faixa titulo que abre o disco lembra o Will Holland dos primeiros experimentos, uma abordagem minimal-dance acústica, talvez mais próxima ao estilo de Mr. Scruff, umas das figuras emblemáticas do Ninja-Tune. Na sequência, numa música que começa com um barulho de pássaros à beira do mar, encontramos a voz inconfundível da Alice Russell, a faixa é uma mistura que poderia ser definida como country soul, com direito a uma introdução de banjos e um elegante arranjo de cordas num crescendo melódico suave, como um respiro a plenos pulmões.

Fôlego do qual precisamos para encarar a pulsação caribenha que chega na sequência, Quantic se deixou arrastar nesses ritmos frenéticos e também ir além, numa travessia transatlântica que o levou à costa de Angola onde encontrou a cantora Pongo Love, famosa por ter participado da estreia do Buraka Som Sistema, com a qual gravou o primeiro single de Magnetica, “Duvidó”.

O disco continua com uma surpresa atrás da outra, seja pela música, que pode ser definida sem dúvida como um compêndio da genialidade de Quantic, seja pelas parcerias e artistas convidados como Nidia Góngora, uma das novas vozes da música colombiana, até ao toaster/rapper mais significativo da década de 80, Shinehead, no ritmicamente grudento dancehall “Spark It”. Participa do disco também, o excelente cantor de origens etiopianas não muito conhecido Dereb Desalegn, que enfatiza mais uma vez as raízes comuns entre a música latina e a africana.
Mas a verdadeiras surpresa é a participação das brasileiras Iara Renno e Thalma de Freitas, respectivamente, nas faixas “Caruru” e “Águas de Sorongo”.

Quantic demonstra, mais uma vez, que é dos artistas mais antenado às novas tendências da música global, capaz de fusionar o velho com novo, onde as frequências eletrônicas se encontram com a organicidade dos sons tradicionais sem atrito.

O presente é um ponto privilegiado para olhar para trás e também para enxergar novos horizontes.

Paz!

Mauro Lussi
Coordenador de programação musical e DJ da Rádio UFSCar

Segunda-feira
1. Magnetica
2. You Will Return (feat. Alice Russell)
3. Descarga Cuantica (feat. Fruko & Michi Sarmiento)
Terça-feira
4. Duvido (feat. Pongo Love)
5. Arada (feat. Dereb the Ambassador)
Quarta-feira
6. La Plata (feat. Nidia Gongora)
7. Sol Clap
8. Spark It (feat. Shinehead)
Quinta-feira
9. Caruru (feat. Iara Renno)
10. La Callejera (feat. Anibal Velasquez)
Sexta-feira
11. Muevelo Negro (feat. Nidia Gongora)
12. Aguas de Sorongo (feat. Thalma de Freitas)
13. Painting Silhouettes

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA