DAMIEN RICE – MY FAVOURITE FADED FANTASY

Escrito por em 24/11/2014

Oito anos após o lançamento de seu último disco solo, Damien Rice retorna à ativa quase que na surdina. A campanha de marketing para My Favourite Faded Fantasy foi bastante modesta, low profile como o músico sempre foi, e essa naturalidade em se mostrar um trabalho aguardado por tanto tempo pelos fãs reflete na obra.

Bem orgânico e minuciosamente produzido, uma olhada na lista de músicas e algo já chama a atenção. Ao contrário de seus últimos trabalhos, o músico irlandês toma o tempo que julgar necessário para construir suas faixas. Um verdadeiro trabalho de compositor de alto calibre. My Favourite Faded Fantasy dispõe de 50 minutos para apresentar 8 novas peças, fechando uma média de 6 minutos por música – o dobro da duração de suas composições usuais. Mas não se assuste: tudo flui com muita naturalidade e coerência.  O terceiro álbum de Damien passa longe de exageros comumente encontrados em discos “contemplativos” desse calibre.

Recheado de texturas e linhas melódicas certeiras, é difícil saber quando uma faixa termina e outra começa, e digo isso no bom sentido. Apesar do longo tempo de duração, o disco não enjoa. O sentimento é de que o músico optou por tomar o tempo necessário para que o álbum, como um todo, florescesse. Destaque fica para a produção, cortesia do veterano Rick Rubin, que sabe exatamente quando e como conduzir o ouvinte entre crescendos e explosões, que, aliada à excelente interpretação de Rice, consegue roubar aquele suspiro do ouvinte toda vez que as canções desabrocham.

My Favourite Faded Fantasy é pra se ouvir com calma e no clima. Embora a ideia geral do álbum seja captada de primeira (de novo, muito por conta da produção sensacional do disco), há muitas camadas a serem percebidas, que muitas vezes escapam dos ouvidos menos atentos, como uma melodia que se constrói aos poucos até atingir seu clímax, ou mesmo referências aos antigos trabalhos do cantor, que certamente vão atingir os fãs de maneira certeira. Um dos álbuns romântico-contemplativos mais bem construídos de 2014, Damien Rice mostra, em seu terceiro disco, o quanto cresceu como compositor e intérprete em oito longos anos de hiato. E a espera valeu a pena.

 

Henrique Gentil

Bolsista em programação musical da Rádio UFSCar

A seguir, a lista de músicas que você escuta de segunda a sexta, às 16h45, na Rádio UFSCar

 

segunda-feira

My Favourite Faded Fantasy

terça-feira

It Takes A Lot To Know A Man

quarta-feira

The Greatest Bastard

I Don’t Want To change You

quinta-feira

Colour In Me

The Box

sexta-feira

Trusty And True

Long Long Way

Marcado como

Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *


Rádio UFSCar

Tocando agora
TITULO
ARTISTA